Faça login na sua conta!

Ainda não tem uma conta? Cadastre-se agora mesmo!

Mega Colunistas

Colunistas

Como fazer para meu conteúdo viralizar?

Publicado em 30/08/2021 - 20:55 Por Marcela Mesquita
destaque
Créditos da imagem: Canva
Oláááá, tudo bem? Se você chegou aqui atraído pelo título: desculpa te desapontar, anjo! Até o momento seguimos sem "fórmula mágica" (mas se por acaso você descobrir, me conta primeiro?) HAHAHA

Não tem como garantir que um conteúdo vai viralizar, mas tem como ter uma noção de como será a aceitação do público por meio das métricas: informações que o Instagram disponibiliza para quem tem uma conta comercial ou de criador de conteúdo. 

Veja o exemplo pelo meu perfil:


Na primeira página do perfil há uma aba "insights". Logo que selecionamos somos direcionados para outra página. A plataforma nos dá acesso a informações importantes sobre o nosso público. Imagine um perfil com 80% de seguidores do sexo feminino? Não faz muito sentido criar uma postagem que vai impactar mais pessoas do sexo masculino, né? Sabendo quem tem interesse no nosso conteúdo, fica bem mais fácil produzir!

Com as informações em mãos, o próximo passo é saber como o público prefere receber o conteúdo! O próprio Instagram já confessou que tem priorizado o conteúdo em vídeo, em especial os mais curtos e dinâmicos pelo "Reels". Sabemos que o motivo é uma estratégia para não perder espaço para o TikTok. 

Bateu um desespero aí? Calma! Se você, assim como eu, não é muito "expert" de dancinhas e desafios, a dica é aproveitar o melhor alcance para criar da forma como se sentir mais confortável (tem exemplo no meu Insta).

Mas é bom lembrar que não tem uma regra. Já tentei me aventurar (e ainda sigo tentando) mas o que ainda funciona melhor no MEU perfil são selfies. Veja:



Mas não é apenas postar uma selfie! Tem que envolver o público de alguma maneira. E o que envolve o público é "contar uma história" (que pode sim ter quatro palavras como no exemplo). O fato da selfie ter feito um comparativo "com e sem filtro" fez com que outras pessoas se identificassem com aquele conteúdo por também não aguentarem tanta "perfeição" na internet. Foi um assunto que o MEU público se identificou.

Conteúdo de humor também tem grande chance de viralizar! Aqui brinquei de me fantasiar de "Ilze Scamparini" - correspondente das antigas da Globo na Europa - e, por conta de uma semelhança, várias pessoas interagiram! Perguntei se os seguidores me achavam parecida com a também jornalista e choveu de comentários dizendo que sim. Quanto mais as pessoas interagem com o conteúdo, mais o Instagram entende que é relevante e espalha de forma orgânica (sem a necessidade de impulsionar/pagar). 



O segredo é que não tem segredo! Comigo acontece sempre de planejar muito um conteúdo e ter pouquíssima interação ou de publicar algo de forma despretensiosa e o alcance ser bem melhor do que eu imaginava. Um exemplo foi essa postagem aqui de janeiro de 2020:



Eu estava fazendo uma reportagem quando a Madu (menininha linda da foto) me parou dizendo que queria aparecer na TV. Claro que parei e a mostrei na TV (foi automático) mas JAMAIS imaginava que a publicação iria repercutir tanto! Viramos notícia! Nunca uma postagem do meu Instagram havia viralizado. Foi um momento muito lindo! Entende que "viralizar" não tem como prever? Não tem uma explicação? Imagino que alguns fatores contribuíram como as pessoas gostarem de histórias e bastidores (contei como foi na legenda) e de estarem carentes do que é de verdade. Por algum motivo elas se identificaram com o que aconteceu.

A intenção aqui, compartilhando as minhas experiências, não é dizer que o jeito que administro minhas redes sociais é o perfeito. Mas achei que seria legal compartilhar aqui o meu olhar e deixar um conselho: não se apegue às "métricas da vaidade" como curtidas e seguidores. Foque na INTERAÇÃO e em proporcionar para o seu público uma experiência legal no seu perfil. 

Espero muito ter ajudado de alguma forma! Vamos conversar mais sobre o assunto?
Me chama lá no Insta: é @marcelamesquita1 :) Beijo, beijo! 

;

Tags: comununicacaodobem
 Marcela Mesquita Marcela Mesquita
Comunicação Do Bem

Marcela é jornalista, repórter da TV Integração e MBA em Comunicação Digital. É professora universitária e apaixonada por natureza, pessoas e animais.

Leia também: Romantizar não é humanizar