Faça login na sua conta!

Ainda não tem uma conta? Cadastre-se agora mesmo!

Mega Colunistas

Colunistas

Diversão e reflexões na pele de Walter

Publicado em 21/08/2023 - 14:02 Por Cristiane Guimarães
destaque
Créditos da imagem: Divulgação

Comédia de sucesso e com elenco de grande expressividade aporta em Uberlândia dias 8, 9 e 10 de setembro

Nada melhor do que se divertir com as situações amargas da vida. É isso o que acontece na comédia O Que Faremos Com Walter?, que estará em cartaz no Teatro Municipal de Uberlândia nos dias 8, 9 e 10 de setembro. Partindo do pressuposto de resistência à discriminação contra pessoas idosas, o espetáculo tem uma reviravolta no meio da trama a acentua as gargalhadas que acontecem desde o início da apresentação.

Para completar, o elenco é estelar. O ator que dá nome ao título é Elias Andreato, detentor de vários prêmios das artes cênicas e umas das pessoas mais atuantes no panorama cultural brasileiro, seja como diretor, dramaturgo ou como ator, no cinema, no teatro ou na televisão. Como diretor, está sempre assinando, simultaneamente, vários espetáculos atualmente em cartaz, como o protagonizado por Irene Ravache, Alma Despejada. Elias, que é irmão do ilustrador Elifas Andreato, também dirigiu em São Paulo uma artista uberlandense, a cantora Karine Telles, no show de estreia de seu disco A Flor do Samba.

Junto dele, no elenco de sete pessoas, retorna à cidade o ator Marcello Airoldi, que acabou, há poucos dias, de pisar o palco do Teatro Municipal, ao lado de Mel Lisboa, com o espetáculo Misery. Além de sua extensa trajetória no teatro, Airoldi, no cinema, atuou no filme Linha de Passe, de Walter Salles, e Condomínio Jaqueline, de Roberto Moreira. Na televisão, participou da novela Belíssima e interpretou Adoniran Barbosa dos 24 aos 40 anos no especial Por Toda a Minha Vida, além de interpretar o mulherengo Gustavo na telenovela Viver a Vida, o Cícero em A Vida da Gente e o policial Barros em Salve Jorge, o delegado Louzada em Sol Nascente e o viúvo Jurandir no seriado Divã, entre outros papéis.

Grace Gianoukas ficou conhecida por interpretar Eva em Rá-Tim-Bum e Teodora Abdalla em Haja Coração. Também interpretou Ermelinda em Salve-se Quem Puder, pela qual foi indicada duas vezes ao Melhores do Ano de Melhor Atriz. Ganhou o Prêmio do Ministério da Cultura de Melhor Atriz por sua atuação em "O Pequeno Mago", do grupo XPTO e foi quem criou um dos projetos que renovou o humor de São Paulo no início dos anos 2000: "Terça Insana". Atualmente, ela também faz grande sucesso com o seu monólogo Nasci Pra Ser Dercy, baseado na vida e obra de Dercy Gonçalves.

Nilton Bicudo também integrou o projeto Terça Insana e realizou trabalhos para teatro, cinema e televisão. São dezenas de peças teatrais. No cinema, fez os filmes Caixa 2, Veneno da Madrugada, Boleiros, Por Trás do Pano, Meninos de Deus, Sábado e Primo Basílio. Na TV, participou das novelas Sangue do Meu Sangue, Desejos de Mulher e Andando nas Nuvens e do humorístico A Diarista. Atuou, ainda, no seriado Carandiru, Outras Histórias.

Marianna Armellini é uma atriz e humorista brasileira. Participa, como convidada, do espetáculo "Improvável", com a Cia. Barbixas de Humor. No cinema, atuou em Tapete Vermelho e As 12 estrelas, direção de Luiz Alberto Pereira, e Linha de Passe, filme dirigido por Walter Salles. Na televisão teve participações em novelas e programas como Ti Ti Ti, Guerra dos Sexos, Malhação, Vai Que Cola, entre outros.
Além destes, Fernando Vitor e Vivian Barabani, que já gravou um VT para uma cooperativa médica da cidade, também integram o elenco.

A idealização e coordenação do projeto é de Leo Miggiorin, que também vem à cidade acompanhando o espetáculo. Como ator, ele esteve aqui no ano passado, ao lado de Laila Garin, no musical A Hora da Estrela O Canto de Macabea.

Outra presença confirmada na cidade é a do encenador Jorge Farjalla, um dos diretores mais proeminentes no país. Entre seus premiados sucessos estão: Doroteia com Rosamaria Murtinho, Letícia Spiller e elenco, O Mistério de Irma Vap com Luiz Miranda e Mateus Solano, Brilho Eterno com Reynaldo Gianechinni e elenco, entre dezenas de outras montagens como a recém estreada Dom Quixote de Lugar Nenhum, além de direção de shows como de Ana Carolina e de Vanessa da Mata. Farjalla graduou-se em Teatro pela Universidade Federal de Uberlândia e por aqui já esteve com três dos espetáculos acima relacionados.

O Que Faremos Com Walter?, embora universal, foi criado na vizinha Argentina, já recebeu prêmio no gênero comédia e é uma peça que diverte, emociona e provoca reflexões. Estará de sexta a domingo, de 8 a 10 de setembro, em cartaz na cidade e essa é a estreia de turnê da peça, tendo sido até agora apresentada apenas em São Paulo. Em breve abre temporada no Rio de Janeiro e só percorre o país a partir do ano que vem.

Os ingressos estão à venda no site megabilheteria e na loja Inclusive Brechó, na avenida Cesário Alvim, 396. Mais informações pelo telezap 34 9 9866-1727.

Tags: Evento, Cultura
 Cristiane Guimarães Cristiane Guimarães
Entre Nós!

Cristiane Guimarães é Comunicadora Social com habilitação em jornalismo e atua há mais de 25 anos no mercado. Apaixonada pela profissão é colunista social, produtora e assessora de imprensa.

Leia também: 25 de Maio comemora-se o Dia da Costureira