Faça login na sua conta!

Ainda não tem uma conta? Cadastre-se agora mesmo!

Mega Colunistas

Colunistas

Mater Dei Santa Genoveva realiza procedimento para salvar a vida de feto com anemia

Publicado em 06/12/2023 - 22:50 Por Cristiane Guimarães
destaque
Créditos da imagem: Divulgação

A equipe médica do Hospital Mater Dei Santa Genoveva, liderada pelas profissionais Dra. Angélica Debs e Dra. Ana Paula Lino, juntamente com a enfermeira Veridiana Bernardes, realizou, com sucesso, um procedimento delicado de transfusão intrauterina para salvar a vida de um feto, diagnosticado com anemia.

A anemia fetal é uma condição grave que pode levar ao óbito do bebê, ainda na barriga da mãe. Em casos em que a gestante possui tipo sanguíneo Rh negativo e o feto é Rh positivo, a incompatibilidade sanguínea pode desencadear a isoimunização Rh, resultando na destruição das hemácias do feto pelos anticorpos da mãe.

No caso específico, atendido no Hospital Mater Dei Santa Genoveva, a paciente, que possui tipo sanguíneo O negativo, foi imunizada na infância devido a uma condição hematológica, que a impediu de produzir plaquetas adequadamente. Durante a gravidez, foi identificado que o feto tinha tipo sanguíneo O positivo, desencadeando a destruição das hemácias fetais pela mãe, que já possuía anticorpos desde a infância.

A equipe médica, através de ultrassonografia especializada, realizada pela Dra. Angélica Debs, detectou a anemia fetal e tomou a decisão de realizar a transfusão intrauterina para salvar a vida do feto. Esse procedimento delicado e inovador é realizado por meio de cordocentese, que consiste na punção do cordão umbilical, guiada por ultrassonografia, permitindo a transfusão de concentrado de hemácias diretamente ao feto.

Dra. Ana Paula Lino, que conduziu o procedimento, destaca a importância do acompanhamento, durante o pré-natal, para identificar precocemente casos de anemia fetal. "Através do exame de coombs indireto, realizado regularmente durante a gestação, conseguimos rastrear a sensibilização materna e detectar a destruição das células sanguíneas do feto. Essa é uma medida crucial para a intervenção oportuna e a realização do procedimento de transfusão intrauterina, quando necessário”, diz a médica.

Este não é o primeiro caso tratado em Uberlândia, mas é o primeiro realizado no âmbito do sistema hospitalar particular na região. A expertise da Dra. Angélica Debs e da equipe médica do Hospital Mater Dei Santa Genoveva foi fundamental para o sucesso do procedimento, oferecendo uma solução inovadora e salvadora de vidas, para casos de anemia fetal.