Faça login na sua conta!

Ainda não tem uma conta? Cadastre-se agora mesmo!

Mega Colunistas

Colunistas

Primeiras cirurgias cardíacas robóticas de Minas Gerais são realizadas pelo Hospital UMC

Publicado em 14/12/2023 - 10:57 Por Cristiane Guimarães
destaque
Créditos da imagem: Divulgação

O procedimento inédito no estado foi feito em Uberlândia e representa a ampliação das especialidades cirúrgicas minimamente invasivas realizadas pelo Hospital

O Hospital UMC, localizado em Uberlândia, é o pioneiro na realização de cirurgias robóticas cardíacas em Minas Gerais. Os primeiros procedimentos minimamente invasivos feitos com o robô para o tratamento de condições cardíacas aconteceram recentemente, com a presença do cirurgião especialista em cirurgia robótica cardiotoráxica do Tennessee (EUA), Dr. Evelio Rodriguez. A realização dessa nova modalidade de cirurgia na instituição, que faz parte do Grupo Oncoclínicas, foi possível pela evolução do robô DaVinci, recém-chegado à unidade. 

Os procedimentos cardíacos que poderão ser realizados por meio do robô são: correção de comunicação interatrial (CIA), ponte de safena, cirurgias na valva mitral, correções de cardiopatias congênitas, além do tratamento de tumores cardíacos. A disponibilização desta nova modalidade de cirurgia robótica foi possibilitada pela nova versão do robô DaVinci, que chegou recentemente ao Hospital e é uma evolução do equipamento que já estava em atividade na instituição desde 2019. Esse novo robô trouxe recursos que aprimoram a precisão e eficiência para realizar as cirurgias, como uma câmera que permite uma visualização ainda melhor e braços mais finos e delicados que possibilitam um maior alcance cirúrgico. 

E tem mais: além de contar com tecnologia de ponta, a equipe de cirurgia cardiovascular, responsável por liderar os procedimentos no UMC, passou por mais de três anos de capacitação, aprimorando seus conhecimentos. Os treinamentos aconteceram no Ascension Saint Thomas Hospital, no Tenessee (EUA), com supervisão do renomado cirurgião cardíaco robótico, Dr. Evelio Rodriguez que, inclusive, acompanhou as primeiras cirurgias realizadas no UMC.

De acordo com o Dr. Paulo Cesar Santos, cirurgião cardiovascular, que atua na realização de cirurgias cardíacas robóticas no Hospital, trata-se de um marco para a medicina mineira, tendo em vista que esses são os primeiros procedimentos cardíacos robóticos feitos no estado.

"É um marco para a saúde nacional. As cirurgias promovidas no UMC também estão entre as primeiras feitas no interior do país, porque a realização desse tipo de procedimento ainda está muito restrito a grandes centros. E devemos sempre destacar o quanto a ampliação do oferecimento da cirurgia robótica representa um avanço na atenção ao paciente, pois proporciona uma recuperação mais ágil e vários outros benefícios", comenta Dr. Paulo.

Sobre a cirurgia robótica
A cirurgia robótica é uma evolução da cirurgia por vídeo em que o médico utiliza um sistema robótico, com visualização tridimensional e alta definição, para comandar pinças e reproduzir todos os movimentos de uma cirurgia aberta convencional. Essa tecnologia representa o que há de mais avançado no campo da cirurgia minimamente invasiva, proporcionando inúmeras vantagens para os profissionais e benefícios vitais para os pacientes.

Vantagens da cirurgia robótica
Além da maior visibilidade da área da cirurgia e maior precisão na operação, outras vantagens em relação à cirurgia convencional são:

  • O robô oferece melhor ergonomia para o médico, possibilitando movimentos que chegam a 360° de rotação, permitindo o acesso a estruturas que não são possíveis em outras modalidades cirúrgicas;
  • Cirurgia menos invasiva, com cortes menores e redução de traumas nos tecidos;
  • Redução no sangramento e nas dores e riscos de infecção;
  • Redução e tempo de internação e melhor recuperação do paciente com retorno precoce às atividades;
  • Redução de medicamentos no pós-operatório.

Sobre a Oncoclínicas&Co
A Oncoclínicas&Co. - maior grupo dedicado ao tratamento do câncer na América Latina - tem um modelo especializado e inovador focado em toda a jornada do tratamento oncológico, aliando eficiência operacional, atendimento humanizado e especialização, por meio de um corpo clínico composto por mais de 2.700 médicos especialistas com ênfase em oncologia. Com a missão de democratizar o tratamento oncológico no país, oferece um sistema completo de atuação composto por clínicas ambulatoriais integradas a cancer centers de alta complexidade. Atualmente possui 143 unidades em 38 cidades brasileiras, permitindo acesso ao tratamento oncológico em todas as regiões que atua, com padrão de qualidade dos melhores centros de referência mundiais no tratamento do câncer.

Com tecnologia, medicina de precisão e genômica, a Oncoclínicas traz resultados efetivos e acesso ao tratamento oncológico, realizando aproximadamente 615 mil tratamentos nos últimos 12 meses. É parceira exclusiva no Brasil do Dana-Farber Cancer Institute, afiliado à Faculdade de Medicina de Harvard, um dos mais reconhecidos centros de pesquisa e tratamento de câncer no mundo. Possui a Boston Lighthouse Innovation, empresa especializada em bioinformática, sediada em Cambridge, Estados Unidos, e participação societária na MedSir, empresa espanhola dedicada ao desenvolvimento e gestão de ensaios clínicos para pesquisas independentes sobre o câncer. A companhia também desenvolve projetos em colaboração com o Weizmann Institute of Science, em Israel, uma das mais prestigiadas instituições multidisciplinares de ciência e de pesquisa do mundo, tendo Bruno Ferrari, fundador e CEO da Oncoclínicas, como membro de seu board internacional. 

Para mais informações, acesse http://www.grupooncoclinicas.com

Tags: Saúde
 Cristiane Guimarães Cristiane Guimarães
Entre Nós!

Cristiane Guimarães é Comunicadora Social com habilitação em jornalismo e atua há mais de 25 anos no mercado. Apaixonada pela profissão é colunista social, produtora e assessora de imprensa.

Leia também: 25 de Maio comemora-se o Dia da Costureira