Faça login na sua conta!

Ainda não tem uma conta? Cadastre-se agora mesmo!

Mega Colunistas

Colunistas

Rock Aid completa dois anos com show e novas perspectivas

Publicado em 19/07/2023 - 17:35 Por Cristiane Guimarães
destaque
Créditos da imagem: Divulgação

O projeto social Rock Aid comemora dois anos em 2023. Para marcar a data, preparou um show que receberá artistas de Uberlândia, Belo Horizonte e Rondônia, com entrada franca, e começa a traçar novas perspectivas para o futuro da ONG no sentido de tornar-se mais atuante no terceiro setor, buscando mais recursos para atender melhor e mais pessoas em vulnerabilidade social.

“O Rock Aid surgiu na pandemia, para tentar amenizar um problema urgente que era, e ainda é a fome para dois assentamentos assistidos e posteriormente começou a atuar contra a pobreza menstrual. É hora de dar mais um passo à frente”, disse Jorge Albernaz, um dos idealizadores do projeto ao lado de Cléber Oliveira e Daniel Mohallem.

Ao longo do mês, o coletivo realizou algumas lives, o “Rock Aid Talks”, no qual recebeu pessoas para falar sobre fraternidade, desafios do direito à cidade, coletivos populares e vulnerabilidade alimentar, trazendo também a realidade de outras cidades como São Paulo.

“Sentimos a necessidade de nos capacitar ainda mais dentro do terceiro setor e a partir daí buscar alternativas para que o Rock Aid faça mais além de levar os alimentos para os dois assentamentos”, disse Mohallem.

A princípio eram dois assentamentos atendidos, Maná e Renascer, e mais uma comunidade entrou na lista, a Santa Clara. As ações são viabilizadas por voluntários e parceiros. Há também a possibilidade de colaboração mensal apadrinhando o projeto, mas o que mais tem somado a essas ações são os shows e eventos.

“Conseguimos parceria com os artistas e as casas. Levamos shows de qualidade que dialogam com o público uberlandense e as pessoas ajudam se divertindo. Por isso é tão importante que mais pessoas conheçam o projeto, compareçam e façam a diferença na vida de quem precisa”, explicou Oliveira.

ROCK BRASIL
O show que marca os dois anos do Rock Aid será no D´Boche Pub. Além das atrações musicais, o espaço contará com cervejarias artesanais, área de alimentação com opções diversas e nesta edição uma flash tattoo durante todo o evento.

A banda uberlandense Mafu traz um convidado especial direto de Belo Horizonte. O vocalista Podé fará um set especial com a banda. Desde março do ano passado, quando anunciou sua saída temporária da Tianastácia, Podé tem feito shows solo e como convidado de diferentes projetos. O público pode esperar o melhor do pop rock mineiro, e o balanço da Mafu.

Os fãs de grunge também serão contemplados com o Autopilots, que traz o melhor de Nirvana, Pearl Jam, Soundgarden, entre outros.

De Ariquemes (RO) o Rock Aid apresenta a banda Monolito. Formada por Wallas Ribeiro (guitarra e vocal), Gustavo Silveira (bateria) e Murilo da Silva (baixo) o grupo mostra suas músicas que devem gradar o grande público roqueiro.

A Monolito, em atividade desde 2019, iniciou a turnê do álbum "Voice of Rage", com 11 faixas que combinam elementos do heavy metal e stoner rock. A tour passa por Uberlândia (22/07 e 05/08) e ainda Goiânia, Anápolis, Rio Branco e São Paulo. O grupo está ansioso para compartilhar com todas as regiões do país o seu som.

Lady Kira fará participações nos vocais nos shows de Monolito e Autopilots. Nos intervalos dos shows o som fica por conta do DJ Gui Guedes e também do DJ Miollo.

SERVIÇO
O QUE: Festival Rock Aid 2?
ATRAÇÕES: Autopilots | Lady Kira | Maru | Podé (Tianastácia) | Mafu | Monolito | DJ Gui Guedes | DJ Miollo
QUANDO: sábado (22/07)
HORÁRIO: a partir das 14h
LOCAL: D´Boche Pub (Av. Araguari, 9. Martins)
ENTRADA FRANCA
CONHEÇA O PROJETO: www.rockaid.org

IMPACTOS DO ROCK AID NOS PRIMEIROS DOIS ANOS
- Mais de 30 mil refeições distribuídas
- Campanha Permanente em prol da Dignidade Menstrual com mais de 10 mil absorventes e centenas de itens de higiene pessoal distribuídos aos assistidos
- Cerca de 50 toneladas de alimentos entregues nas ações
- Duas campanhas com entrega mil ovos de Páscoa nos assentamentos Maná e Renascer
- O projeto atende as comunidades Maná, Renascer e Santa Clara