Faça login na sua conta!

Ainda não tem uma conta? Cadastre-se agora mesmo!

Mega Colunistas

Colunistas

Você sabe como um consultor financeiro pode te ajudar a organizar as finanças pessoais?

Publicado em 21/09/2022 - 18:44 Por Fernando Agra
destaque
Créditos da imagem: Acervo pessoal de Fernando Agra (2022).
     Caro leitor (internauta), você sabe o que um consultor financeiro faz e como ele pode te ajudar a organizar as finanças pessoais? 
Eu sou consultor de finanças pessoais há vários anos e sempre que uma pessoa ou mesmo uma família me procura para auxiliar a organizar a vida financeira, a primeira coisa que faço é procurar saber exatamente qual a demanda e como eu poderei ajudar.
Há casos em que a minha orientação vai ser na reestruturação de dívidas. Quando uma pessoa ou uma família está muito endividada e até mesmo inadimplente, a minha primeira orientação é solicitar um mapeamento das dívidas: quantas parcelas foram pagas, quantas ainda faltam pagar, qual a taxa de juros cobrada em cada uma, a quem deve, o quanto deve etc. Nessas situações, o ajuste é bem doloroso pois requer um esforço e até um sacrifico maior, uma vez que a família terá de consumir somente o necessário, economizar ao máximo para ir pagando as dívidas até acabar. Geralmente aconselho às pessoas a contraírem uma nova dívida com taxas de juros menores e amortizarem ou até mesmo quitarem as dívidas que cobram juros mais altos, de modo que a família possa “respirar” e pagar uma parcela que caiba no orçamento e estancar a sangria com pagamentos de juros estratosféricos dos empréstimos de CDC´s, cheques especiais, cartões de créditos, financeiras etc.
Em outros casos há famílias que me procuram que estão com as finanças bem organizadas, sem dívidas (ou melhor, com as dívidas pagas integralmente e dentro do prazo, pois nem sempre conseguem comprar à vista), mas que ainda deixam suas reservas em cadernetas de poupanças, compram títulos de capitalização (que na verdade deveriam se chamar títulos de descapitalização, pois não são investimentos) ou até mesmo investem em PGBL e VGBL, ditas “previdências privadas”, que possuem elevados custos e apresentam retornos bem abaixo do CDI. Nesses casos, eu vou analisar o perfil da família, a capacidade de poupança mensal, os objetivos de curto, médio e longo prazos, bem como os riscos que se desejas assumir e apresento um plano de ação para cancelar esses tipos de  “previdências privadas”, resgatar antecipadamente os título de capitalização e resgatar o saldo na caderneta de poupança e passarem a aplicar em bons CDB´s, boas LCI´s e LCA´s, além de investirem no Tesouro Direto, especificamente no Tesouro IPCA, que apresenta ganho real e vai te proteger, pelo menos em parte, da inflação.
Enfim, se você conhece alguém que está precisando de ajuda para organizar as finanças pessoais ou você mesmo quer a minha ajuda, pode me enviar uma mensagem para o meu WhatsApp que é (32) 99138-6620 ou para o meu e-mail (prof.fernandoagra@gmail.com). Será um prazer poder te ajudar a organizar as suas finanças de modo que você e sua família possam atender as necessidades e os desejos, bem como possam acumular e usufruir de um patrimônio financeiro ao longo da vida, através de bons investimentos. Abraços!

;

Tags: Consultoria de Finanças Pessoais, dívidas, inadimplente, Tesouro Direto, Ipca, caderneta de poupança.
 Fernando Agra Fernando Agra
Finanças Agradáveis

Fernando Antônio Agra Santos é palestrante e consultor nas áreas de Finanças Pessoais (Educação Financeira e Aplicações Financeiras). É Economista pela Universidade Federal de Alagoas e Economista da Universidade Federal de Juiz de Fora, Doutor em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa, Professor da Universidade Salgado de Oliveira, Professor Visitante dos MBA´s da UFJF (todas em Juiz de Fora - MG) e Professor de Educação Financeira do Colégio Machado Sobrinho.

Leia também: Benedita (carinhosamente mãe Biu): uma lição de amor!